Doenças de Pele

Abaixo são citadas as doenças de pele mais comuns, com uma breve descrição.

Dermatite seborréica ("caspa")

A dermatite seborréica, conhecida popularmente como "caspa", é uma doença crônica, com períodos de melhora e piora, freqüente, não contagiosa, que acomete regiões cutâneas ricas em glândulas sebáceas: couro cabeludo, região central da face, sobrancelhas, orelhas e tronco.

A causa da dermatite seborréica é desconhecida mas a oleosidade excessiva e um fungo (Malassezia sp.) presente na pele afetada estão envolvidos no processo. A maior atividade das glândulas sebáceas ocorre sob a ação dos hormônios androgênicos, por isso, o início dos sintomas ocorre geralmente após a puberdade. Nos recém nascidos também podem ocorrer manifestações da doença, devido ao androgênio materno ainda presente.

A doença costuma se agravar no inverno e em situações de fadiga ou estresse emocional.

No couro cabeludo a doença se manifesta por intensa produção de oleosidade (seborréia), descamação (“caspa”) e prurido (coceira). A caspa pode variar desde fina descamação até a formação de grandes crostas aderidas ao couro cabeludo. A coceira, que pode ser intensa, é um sintoma freqüente nesta região e também pode estar presente com menor intensidade nas outras localizações.

As lesões da pele são avermelhadas e com descamação gordurosa. As áreas mais atingidas são a face (principalmente o contorno nasal, supercílios e fronte), pavilhões auriculares e região retroauricular e o centro da região torácica anterior e posterior.

Deve-se evitar a ingestão de alimentos gordurosos e de bebidas alcoólicas e o banho muito quente.

Obs.:

Os textos e fotos contidos no site têm caráter meramente informativo, não substituindo de forma alguma uma consulta médica.

É imprescindível consultar seu médico para que ele possa avaliar a lesão.